27 de abril de 2018

Viver bem com o seu Relógio Biológico

    O relógio biológico dos órgãos do corpo humano Segundo estudos da Medicina Tradicional Chinesa, cada órgão tem seu próprio horário de funcionamento. Cada qual age com mais atividade aquele horário. Nesse horário esse órgão se torna mais forte ou mais frágil. Cada órgão ocupa 2 horas seguidas 3:00 às 5:00 PULMÃO Quem trabalha na UTI ou setor de respiratória percebe sempre nesse horário os pacientes começam tossir. Ou mais. os pacientes morrem com tuberculoses ou câncer de pulmão. Nesse horário o pulmão se torna mais frágil. É essa hora você precisa desligar o ar-condicionado ou ventilador ou fechar bem a janela do quarto do seu filho! Tem gente que faz meditação dessa hora fortalece muito o pulmão. 5:00 às 07:00 INTESTINO GROSSO É o horário de evacuar. Tem gente que vai ao banheiro evacuar um pouco tarde dependendo do horário que acorda. O melhor horário é levantar entre 5:00 às 7:00, 7:00 às 09:00 ESTÔMAGO Nessa hora a energia do estômago se torna maior. Então o café da manhã é mais importante, porque você absorve melhor. Dica! Não ingerir nada gelado pela manhã Em princípio, você tem que ingerir todos os nutrientes pela manhã. O resto do dia é repor a energia. Então, 2 ovos pela manhã, proteínas e frutas para ter uma refeição de Rei. 9:00 às 11:00 BAÇO O baço é responsável para criar o sangue na medicina chinesa. É um órgão de pensar, raciocinar. Por isso nesse horário é ótimo para estudar! Vestibular, prova, nesse horário é bem melhor. 11:00 às 13:00 CORAÇÃO É um momento mais frágil do coração. É pra almoçar e relaxar ou cochilar. É essa hora dar mais problema se mergulhar ou correr. Evitar os exercícios físicos nesse período. 13:00 às 15:00 INTESTINO DELGADO Esse é um horário de digestão pancreático. É importante para pâncreas. Quem é diabético não é bom comer muito doce depois almoço. Não é bom se estressar. Maioria das pessoas estressadas almoçam mal e já começam trabalhar forte que pode causar câncer de pâncreas. 15:00 às 17:00 BEXIGA Este é um momento de hidratar, tomar água, concentrar para estudar ou trabalhar. É um bom momento para clarear a mente Para raciocinar, tomar decisão, é um momento mais leve sem peso na cabeça. 17:00 às19:00 RINS Para quem tem pedra nos rins, é ótimo tomar chá de quebra pedra, chá de cavalinha, ou chapéu de couro. Para infecções urinárias também é um momento de cura. Esse momento é bom tomar água de côco

19:00 às 21:00 PERICÁRDIO Não é bom momento para treinamento pesado, pois pode aumentar chance de infarto por coronárias. É um momento de descanso. Maioria está jantando com a família nessa hora. É um momento de harmonia famíliar, amor ao próximo, reunir os filhos. É para sentir alimentada de amor e nutrição. 21:00 às23:00 MERIDIANO TRIPLO AQUECEDOR O Triplo Aquecedor é um meridiano mais importante. Tem superior, medial e inferior, por isso chama triplo. Incluindo todas as vísceras do corpo. Nessa hora é começo do sono. também um bom momento para meditação antes de dormir 23:00 às 01:00 VESÍCULA BILIAR Quem pratica limpeza de fígado, é a hora de tomar suco de limão ou suco de maçã. Você precisa dormir antes desse horário, se não sentirá enjoo. É começo de limpeza do seu sangue. 01:00às 03:00 FÍGADO A desintoxicação continua nesse horário. Normalmente você está com sono profundo, pressão está 12 por 8, coração está tranquilo, fígado começa se limpar. Se você estiver acordado nessa hora, você estraga seu fígado! Mesmo se você não dorme, entre 23 a 3 horas não pode ingerir álcool !!! nem frutose e nem gordura!!. Se você precisa mesmo comer, seria sopa . Mais informações no site Medicina Oriental https://m.facebook.com/saudezen 

18 de abril de 2018

Mêdo da REJEIÇÃO



atenção. 


tem um sinal que você nunca deveria

desprezar.

Um sinal que deveria te deixar alerta

“Se uma pessoa trata você como se 
não desse a mínima,

ela realmente não  dá a mínima”

E você precisa aprender a
enxergar de verdade!!

aceitar essa realidade

e colocar limites para seu
 coração

Porque se você não entende isso,
e fica arrumando desculpas para
si o tempo todo

e tenta se iludir  com as migalhas que recebe,

Acordaaaaa  

está faltando respeito por si mesmo.


Está faltando maturidade para
aceitar que as coisas são como são,

e o resto é
perda de tempo
só pra  iludir o seu cansado coração.

Antes só do que mal acompanhada(o)....ok!!

4 de abril de 2018

Significado do Zumbido nos Ouvidos

http://1.bp.blogspot.com/-vFFkF9MO4Bk/VgVY0u7uQ4I/AAAAAAAALfI/FffqjVl7ozM/s640/


 O zumbido nos ouvidos nada mais é 
que uma frequência energética cósmica, 
sendo mais um dos sintomas de ascensão que vivemos

Ou seja, este zumbido, que eu pessoalmente 
considero harmónico e tranquilizante, 

é uma comunicação da Divindade em nós, 

desde as outras Dimensões de Ser em que nos encontramos. 

É através deste zumbido que informação 
precisa e essencial é trazida até nós.

 Assim sendo, quando o zumbido é no ouvido esquerdo 
significa que estamos  
recebendo informação  sobre
a nossa Missão e Propósito de Vida Divino, 
estamos recebendo códigos de Luz, Som e 
Sabedoria Divinos que são absorvidos 
pelas nossas células e convertidos em intuições.


 Quando o zumbido acontece no ouvido direito 
estamos a ser chamados à ação, 
estamos a receber a energia que 
necessitamos para agir, para avançar.

 Estamos  recebendo um impulso de coragem e 
determinação que se  transforma em ação e
 em energia vital renovada.

 Para alguns de nós, o zumbido também 
significa que faz parte do nosso Propósito 



 Quando voltarem a ouvir o zumbido, 
aceitem, e se acaso estiver muito alto ou
for incomodativo basta 
pedir que seja ajustado para níveis que 
consigam tolerar, aceitar e usufruir, 
e acreditem, será.



Fonte http://auras-colours-numbers.blogspot.com.br/2015/09/zumbido-nos-ouvidos-e-glandula-pineal.html

1 de abril de 2018

38 Florais de Bach e pra que serve


Os 38 florais de Bach 

 com  suas indicações



Agrimony (Agrimonia eupatoria): para pessoas que sofrem interiormente, mas que procuram não demonstrar. 
Pessoas angustiadas, ansiosas, aflitas, e que, apesar disso, estão sempre com um sorriso no rosto.

Aspen (Populus Tremula): indicado para pessoas que sentem medos indefinidos, como, por exemplo, de fantasmas, espíritos e maus presságios. 
Para medo do desconhecido e de fenômenos paranormais.

Beech (Fagus sylvatica): para pessoas que são demasiadamente críticas, arrogantes, intolerantes
Que costumam julgar os outros.
 Irritam-se facilmente com hábitos, manias e jeitos alheios.

Centaury (Centaurium erythraea): para aqueles que não sabem dizer “não”, são incapazes de colocar limites. 
Pessoas boas que querem agradar e acabam muitas vezes sendo exploradas. 
Negligenciam suas necessidades a favor das necessidades do outro.

Cerato (Ceratostigma willmottianna): para pessoas que não confiam em suas próprias opiniões, procuram sempre a opinião do outro. Quando falta autoconfiança para decidir.

Cherry Plum (Prunus cerasifera): para pessoas que sentem estar perto de um colapso nervoso. 
Têm medo de perder o controle e agredir a elas mesmas ou aos entes queridos.

Chestnut Bud (Aesculus hippocastanum): para aqueles que estão sempre repetindo os mesmos erros. Têm dificuldade de aprendizado.

Chicory (Chicorium intybus): para pessoas que querem controlar os outros. 
Possessivas, egoístas e manipuladoras. 
Facilmente magoáveis, cobram constantemente atenção, 
têm amor interessado e carência afetiva.

Clematis (Clematis vitalba): indicado para os distraídos, desatentos. 
Também para a perda dos sentidos. 
Sonolentos, indiferentes.

Crab Apple (Malus pumila): para pessoas muito preocupadas com limpeza, 
perfeição. 
Sentem vergonha delas mesmas, 
não se aceitam, têm repugnância e receio de se sujarem ou contaminarem.

Elm (Ulmus procera): para pessoas fortes, altruístas, seguras e confiantes, 
mas que, num determinado momento, sentem-se inseguras, incapazes. 
Para aquelas que, sobrecarregadas pelas responsabilidades,
 sentem-se temporariamente sem forças e esgotadas.

Gentian (Gentianella amarella): para pessoas que sofrem de depressão por um motivo identificável. Para os desanimados, pessimistas e céticos.

Gorse (Ulex europaeus): para aqueles que perderam a 
fé e a esperança e acham que não vale a pena continuar lutando.

Heather (Calluna vulgaris): para pessoas carentes que querem atrair a
 atenção dos outros. 
São egoístas e egocêntricas. 
Falam o tempo todo delas mesmas e estão totalmente 
envolvidas com seus problemas.

Holly (Ilex aquifolium): para inveja, raiva, desejo de vingança, ciúmes,
 desconfiança e ódio.

Honeysuckle (Lonicera caprifolium): para pessoas que vivem lembrando do 
passado com pesar e saudade. 
Para aquelas que ficam presas nos erros que 
cometeram, nas oportunidades que perderam e na vida que passou. 
Desinteressadas pelo presente.

Hornbeam (Carpinus betulus): para aqueles que sentem 
cansaço físico e mental, fadiga, 
sobrecarga, preguiça matinal.
 Ajuda nos momentos de readaptações de vidas (casamentos, luto, mudança de cidade etc.). Desinteressados pelas tarefas cotidianas.

Impatiens (Impatiens glandulifera): para pessoas impacientes, 
irritadas, intolerantes, tensas. 
Para a insônia, hipertensão, tensão física e estresse. 
Para aqueles que falam, comem, andam e
 se movimentam rapidamente.

Larch (Larix decidua): para pessoas com sentimentos de
 inferioridade, falta de autoconfiança. 
Estão sempre na expectativa de fracassar. 
Autocensura.

Mimulus (Mimulus guttatus): para aqueles que sentem medos 
cuja origem é conhecida: medo de viajar, de morrer, 
de ser assaltado, de se ferir, de dirigir 
 Tímidos.

Mustard (Sinapsis arvensis): para pessoas que padecem de profunda melancolia 
e depressão sem uma causa definida. 
Tristeza, desesperança.

Oak (Quercus robur): para aquela pessoa que é uma grande batalhadora, 
que assume muitas atividades e responsabilidades. 
Ela acaba por se sentir exausta, mas nem pensa em desistir.

Olive (Olea europaea): para pessoas que se sentem exauridas física 
e psiquicamente.
 Esgotamento total, cansaço. 
A essência ajuda a pessoa a se fortalecer e a recuperar o equilíbrio vital.

Pine (Pinus sylvestris): para aqueles que nutrem sentimentos de culpa.
 Autocondenação e recriminação, até quando o erro é dos outros. 
São incapazes de se perdoar.

Red Chestnut (Aesculus carnea): para pessoas ansiosas, 
apreensivas e temerosas com o que de ruim possa acontecer 
com seus entes queridos. Superproteção, preocupação excessiva. 
Vínculo interior excessivo e patológico com outra pessoa.

Rock Rose (Helianthemum nummularium): para pessoas que sentem pânico,
 terror. Perda de controle devido a um medo extremo.

Rock Water: para aqueles que são extremamente 
exigentes com eles mesmos, desejam ser um exemplo. 
Rigidez moral e negação de suas necessidades. 
Autorrepressão e automartírio.

Scleranthus (Scleranthus annuus): para pessoas que oscilam 
entre duas opções. Indecisos, instáveis, mudam abruptamente de
 opiniões e de estado de ânimo.

Star of Bethlehem (Ornithogalum umbellatum): para pessoas que viveram (ou vivem) alguma situação traumática de natureza física, 
mental ou emocional. 
Para aqueles que necessitam 
de conforto após algum infortúnio. 
Para choques e traumas.

Sweet Chestnut (Castanea sativa): para casos extremos de angústia e 
desespero, em que a pessoa sente que está no limite da resistência.
Para depressão, tristeza.

Vervain (Verbena officinalis): para indivíduos que dedicam 
de modo extremo a uma causa ou ideia. 
Fanáticos, não toleram as injustiças. 
Tensos, muito ansiosos e estressados.

Vine (Vitis vinifera): para pessoas autoritárias, ambiciosas,
 inflexíveis, insensíveis. 
Buscam excessivamente o poder. 
Às vezes são cruéis. 
Para aqueles que procuram impor suas
 vontades sobre os outros.


Walnut (Juglans regia): para pessoas que 
estão passando por grandes mudanças: adolescência, menopausa, 
início ou término de uma relação afetiva etc.
 Recomeço de vida, rompimento com velhos hábitos ou vínculos.

Water Violet (Hottonia palustris): para pessoas reservadas,
 solitárias, orgulhosas, com sentimentos de superioridade. 
Desprezam os outros. 
Possuem frieza emocional e grande autovalorização.

White Chestnut (Aesculus hippocastanum): para quem sofre com 
pensamentos repetitivos.
 Para o diálogo interno constante e 
incontrolável que atrapalha a concentração e desgasta. 
Pensamentos indesejados e obsessivos.

Wild Oat (Bromus ramosus): para aqueles que não 
descobriram a vocação, estão insatisfeitos com a vida. 
Aborrecidos e entediados com o dia a dia, 
profissionalmente frustrados,
 incapazes de planejar a vida.

Wild Rose (Rosa canina): para apáticos, sem ambição. 
Insensibilidade emocional. 
Desvitalizados, fadigas constantes. 
Entregam-se sem lutar.

Willow (Salix vitellina): para pessoas muito negativas, que se 
sentem injustiçadas. 
Colocam a culpa nos outros pelos próprios infortúnios. 
São ressentidas, amargas, invejosas e rancorosas. 
Sentem-se vítimas do destino.

Fonte https://www.dicasdemulher.com.br/florais-de-bach/
agradecimentos  a genial escritora
Tais Romanelli 
https://www.dicasdemulher.com.br