1 de abril de 2018

38 Florais de Bach e pra que serve


Os 38 florais de Bach 

 com  suas indicações



Agrimony (Agrimonia eupatoria): para pessoas que sofrem interiormente, mas que procuram não demonstrar. 
Pessoas angustiadas, ansiosas, aflitas, e que, apesar disso, estão sempre com um sorriso no rosto.

Aspen (Populus Tremula): indicado para pessoas que sentem medos indefinidos, como, por exemplo, de fantasmas, espíritos e maus presságios. 
Para medo do desconhecido e de fenômenos paranormais.

Beech (Fagus sylvatica): para pessoas que são demasiadamente críticas, arrogantes, intolerantes
Que costumam julgar os outros.
 Irritam-se facilmente com hábitos, manias e jeitos alheios.

Centaury (Centaurium erythraea): para aqueles que não sabem dizer “não”, são incapazes de colocar limites. 
Pessoas boas que querem agradar e acabam muitas vezes sendo exploradas. 
Negligenciam suas necessidades a favor das necessidades do outro.

Cerato (Ceratostigma willmottianna): para pessoas que não confiam em suas próprias opiniões, procuram sempre a opinião do outro. Quando falta autoconfiança para decidir.

Cherry Plum (Prunus cerasifera): para pessoas que sentem estar perto de um colapso nervoso. 
Têm medo de perder o controle e agredir a elas mesmas ou aos entes queridos.

Chestnut Bud (Aesculus hippocastanum): para aqueles que estão sempre repetindo os mesmos erros. Têm dificuldade de aprendizado.

Chicory (Chicorium intybus): para pessoas que querem controlar os outros. 
Possessivas, egoístas e manipuladoras. 
Facilmente magoáveis, cobram constantemente atenção, 
têm amor interessado e carência afetiva.

Clematis (Clematis vitalba): indicado para os distraídos, desatentos. 
Também para a perda dos sentidos. 
Sonolentos, indiferentes.

Crab Apple (Malus pumila): para pessoas muito preocupadas com limpeza, 
perfeição. 
Sentem vergonha delas mesmas, 
não se aceitam, têm repugnância e receio de se sujarem ou contaminarem.

Elm (Ulmus procera): para pessoas fortes, altruístas, seguras e confiantes, 
mas que, num determinado momento, sentem-se inseguras, incapazes. 
Para aquelas que, sobrecarregadas pelas responsabilidades,
 sentem-se temporariamente sem forças e esgotadas.

Gentian (Gentianella amarella): para pessoas que sofrem de depressão por um motivo identificável. Para os desanimados, pessimistas e céticos.

Gorse (Ulex europaeus): para aqueles que perderam a 
fé e a esperança e acham que não vale a pena continuar lutando.

Heather (Calluna vulgaris): para pessoas carentes que querem atrair a
 atenção dos outros. 
São egoístas e egocêntricas. 
Falam o tempo todo delas mesmas e estão totalmente 
envolvidas com seus problemas.

Holly (Ilex aquifolium): para inveja, raiva, desejo de vingança, ciúmes,
 desconfiança e ódio.

Honeysuckle (Lonicera caprifolium): para pessoas que vivem lembrando do 
passado com pesar e saudade. 
Para aquelas que ficam presas nos erros que 
cometeram, nas oportunidades que perderam e na vida que passou. 
Desinteressadas pelo presente.

Hornbeam (Carpinus betulus): para aqueles que sentem 
cansaço físico e mental, fadiga, 
sobrecarga, preguiça matinal.
 Ajuda nos momentos de readaptações de vidas (casamentos, luto, mudança de cidade etc.). Desinteressados pelas tarefas cotidianas.

Impatiens (Impatiens glandulifera): para pessoas impacientes, 
irritadas, intolerantes, tensas. 
Para a insônia, hipertensão, tensão física e estresse. 
Para aqueles que falam, comem, andam e
 se movimentam rapidamente.

Larch (Larix decidua): para pessoas com sentimentos de
 inferioridade, falta de autoconfiança. 
Estão sempre na expectativa de fracassar. 
Autocensura.

Mimulus (Mimulus guttatus): para aqueles que sentem medos 
cuja origem é conhecida: medo de viajar, de morrer, 
de ser assaltado, de se ferir, de dirigir 
 Tímidos.

Mustard (Sinapsis arvensis): para pessoas que padecem de profunda melancolia 
e depressão sem uma causa definida. 
Tristeza, desesperança.

Oak (Quercus robur): para aquela pessoa que é uma grande batalhadora, 
que assume muitas atividades e responsabilidades. 
Ela acaba por se sentir exausta, mas nem pensa em desistir.

Olive (Olea europaea): para pessoas que se sentem exauridas física 
e psiquicamente.
 Esgotamento total, cansaço. 
A essência ajuda a pessoa a se fortalecer e a recuperar o equilíbrio vital.

Pine (Pinus sylvestris): para aqueles que nutrem sentimentos de culpa.
 Autocondenação e recriminação, até quando o erro é dos outros. 
São incapazes de se perdoar.

Red Chestnut (Aesculus carnea): para pessoas ansiosas, 
apreensivas e temerosas com o que de ruim possa acontecer 
com seus entes queridos. Superproteção, preocupação excessiva. 
Vínculo interior excessivo e patológico com outra pessoa.

Rock Rose (Helianthemum nummularium): para pessoas que sentem pânico,
 terror. Perda de controle devido a um medo extremo.

Rock Water: para aqueles que são extremamente 
exigentes com eles mesmos, desejam ser um exemplo. 
Rigidez moral e negação de suas necessidades. 
Autorrepressão e automartírio.

Scleranthus (Scleranthus annuus): para pessoas que oscilam 
entre duas opções. Indecisos, instáveis, mudam abruptamente de
 opiniões e de estado de ânimo.

Star of Bethlehem (Ornithogalum umbellatum): para pessoas que viveram (ou vivem) alguma situação traumática de natureza física, 
mental ou emocional. 
Para aqueles que necessitam 
de conforto após algum infortúnio. 
Para choques e traumas.

Sweet Chestnut (Castanea sativa): para casos extremos de angústia e 
desespero, em que a pessoa sente que está no limite da resistência.
Para depressão, tristeza.

Vervain (Verbena officinalis): para indivíduos que dedicam 
de modo extremo a uma causa ou ideia. 
Fanáticos, não toleram as injustiças. 
Tensos, muito ansiosos e estressados.

Vine (Vitis vinifera): para pessoas autoritárias, ambiciosas,
 inflexíveis, insensíveis. 
Buscam excessivamente o poder. 
Às vezes são cruéis. 
Para aqueles que procuram impor suas
 vontades sobre os outros.


Walnut (Juglans regia): para pessoas que 
estão passando por grandes mudanças: adolescência, menopausa, 
início ou término de uma relação afetiva etc.
 Recomeço de vida, rompimento com velhos hábitos ou vínculos.

Water Violet (Hottonia palustris): para pessoas reservadas,
 solitárias, orgulhosas, com sentimentos de superioridade. 
Desprezam os outros. 
Possuem frieza emocional e grande autovalorização.

White Chestnut (Aesculus hippocastanum): para quem sofre com 
pensamentos repetitivos.
 Para o diálogo interno constante e 
incontrolável que atrapalha a concentração e desgasta. 
Pensamentos indesejados e obsessivos.

Wild Oat (Bromus ramosus): para aqueles que não 
descobriram a vocação, estão insatisfeitos com a vida. 
Aborrecidos e entediados com o dia a dia, 
profissionalmente frustrados,
 incapazes de planejar a vida.

Wild Rose (Rosa canina): para apáticos, sem ambição. 
Insensibilidade emocional. 
Desvitalizados, fadigas constantes. 
Entregam-se sem lutar.

Willow (Salix vitellina): para pessoas muito negativas, que se 
sentem injustiçadas. 
Colocam a culpa nos outros pelos próprios infortúnios. 
São ressentidas, amargas, invejosas e rancorosas. 
Sentem-se vítimas do destino.

Fonte https://www.dicasdemulher.com.br/florais-de-bach/
agradecimentos  a genial escritora
Tais Romanelli 
https://www.dicasdemulher.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

gratidão pelo seu comentário,seja sempre bem vindo.