15 de maio de 2018

BEM-ESTAR: a chave para a saúde


O objetivo maior deste trabalho não é falar de
 doenças, mas promover a saúde.
Há uma gigantesca diferença entre as duas coisas.

E essa diferença você começará a perceber e 
sentir ao longo do tempo, conforme acompanha as postagens.

Criamos aquilo em que colocamos o foco, os pensamentos e,principalmente, os sentimentos.
Vamos começar pelo básico. 
Construiremos aos poucos uma sólida estrutura de informações que 
levará você de volta ao seu estado natural de saúde .






















Mas, o que é saúde?

Numa antiga definição da Organização Mundial da Saúde (OMS), 
saúde é a ausência de enfermidade.

Isso significa que basta não estar doente para ser considerado saudável.

Talvez seja essa a ideia que você faz sobre a questão também, já que é um conceito firmemente arraigado na sociedade.

Não está errado, apenas incompleto.

Nas últimas décadas do século XX, as coisas começaram a 
mudar. Ainda que lentamente, a percepção sobre o tema saúde vem se ampliando.

A definição da OMS foi revista e saúde passou a 
ser considerada “o estado de bem-estar físico, mental e social do indivíduo”.

Melhorou um pouco, mas ainda está incompleta.

Mais recentemente foi incluído à lista o bem-estar espiritual.

Entende-se aqui como espiritual a ideia religiosa ou espiritualista apenas, de que o espírito é parte importante do indivíduo.

Mas mesmo assim, ainda está incompleta…
O que será que está faltando?

De acordo com a nova visão de mundo que esta surgindo com Física Quântica (paradigma holístico ou quântico-relativista), falta considerar o principal fator promotor de saúde : a CONSCIÊNCIA.

Consciência como a base de toda a realidade, como o fundamento de tudo o que existe ( minerais, vegetais, animais, seres humanos, seres extra-físicos, planetas, estrelas, universos).

Alguns profissionais da área da saúde já estão alinhados com este modelo mais completo,mas ainda há muito chão pela frente no que se refere a mudar o paradigma na saúde.

A brincadeira está apenas começando…



E onde entra o Bem-Estar?


É muito importante voltarmos nossa atenção para algo que hoje em dia parece tão distante.
Se quisermos desfrutar de todo o potencial para a saúde e autorrealização que temos como seres humanos, precisamos em primeiro lugar identificar as causas reais do nosso adoecimento e abandoná-las de uma vez por todas.

Reconhecer e soltar: esta é a fórmula que dá certo.

Em certos momentos falarei sobre doenças, maus hábitos ou coisas que pareçam negativas pela nossa ótica dual, mas o intuito não é produzir medo, preocupações ou muito menos culpa em você.O mundo já está cheio de negatividade.

Estes sentimentos são improdutivos e só nos fazem adoecer!

Pelo contrário, proponho ampliar a sua percepção até que possa resgatar seu poder de cura natural.

Juntos, vamos relembrar quem somos, o que viemos fazer nesta dimensão, neste lindo planeta que agora é o nosso lar temporário.
Vamos nos curar em todos os sentidos e disseminar essa cura por toda a Terra.
Não é ótimo se sentir empoderado assim?


















Bem-Estar é uma frequência eletromagnética

Podemos ser agentes de vida, saúde, prosperidade e consciência. Basta desejarmos e trabalharmos para isso.

O desejo e a ação, unificados com a Fonte, podem criar mundos!

A partir de hoje, vamos focar na coisa mais importante para a criação e a recuperação da saúde: o nosso bem-estar.

O bem- estar físico é uma poderosa chave para criar o que você deseja na vida.

E por que é importante ter bem- estar?

Porque a forma como você se sente afeta diretamente sua realidade, no caso, sua saúde.

Os seus pensamentos, sentimentos, lembranças, palavras e ações vibram em determinada frequência eletromagnética, que pode ser medida em Hertz.

Essa vibração é emanada por você o tempo todo e, consequentemente, atrai (ou melhor dizendo, cria), uma resposta do Campo da Consciência de mesma frequência.

Um bate – volta, um bumerangue vibracional.

A frequência do Campo de Consciência é altíssima e tem um correspondente que sentimos em nosso organismo como bem-estar.

Aquela sensação gostosa de que estamos em casa, em paz, seguros e confortáveis.

Quanto melhor nos sentimos, mais as coisas fluem para nós.


Simples assim. Não acredita?

Quando você sente qualquer mal-estar, seja mental, emocional ou físico, principalmente se for de grande intensidade ou de longa duração, começa a ter pensamentos negativos em relação ao que está ocorrendo, além de emoções negativas como raiva, tristeza, medo, preocupação, dúvida ou ansiedade.

Passa a reclamar e tomar atitudes envenenadas como ser 
agressivo com quem está ao seu lado.

Todo esse comportamento gerado pelo mal-estar vibra numa determinada frequência que você passa a emanar como se fosse um farol.

Pelas leis da criação e do eletro- magnetismo, essa onda que você emana lhe trará de volta situações de mesma frequência, mais cedo ou mais tarde.

Ou seja, você acaba criando mais mal-estar físico, metal ou emocional.

Não acredita nisso?

Faça um TESTE: passe uma semana vibrando na raiva e veja o que lhe acontece.

Melhor não. Você já deve ter tido a experiência de um dia de fúria e aposto que se lembra dos resultados.

Tente o contrário: vibre no amor e perceba tudo se ajeitando magicamente na sua realidade.



















A importância de se sentir saudável

Se você quiser ter saúde é preciso antes se sentir saudável.

É compreensível que esta afirmação pareça estranha à maioria das pessoas.

Você deve estar se perguntando: como posso me sentir saudável se estou doente?

Talvez, quando eu ficar curado, aí sim, eu me sentirei saudável…

Esta é a lógica que vem regendo a humanidade há milênios, e visivelmente, não está funcionando.

Nós fomos ensinados, desde a infância, que nossos sentimentos devem corresponder à nossa realidade.

Assim, se temos saúde, bons relacionamentos, dinheiro e sucesso, nos sentimos felizes.

Se não temos, nos sentimos infelizes.
Ou seja, nós apenas reagimos ao que nos acontece. E isso nos rouba todo o poder pessoal.

Esse comportamento reativo é condicionado, ou seja, é aprendido.

É um verdadeiro programa que roda no nosso inconsciente e acabamos nem nos dando conta de que estamos no piloto automático.

E o que está na base desse comportamento?

O paradigma materialista.

Paradigma é a visão de mundo, o modelo de realidade que rege todas as pessoas.

O paradigma materialista, que rege a ciência atual entende que tudo no Universo tem uma base material.

Que tudo é determinado , não havendo muito espaço para criarmos nossa realidade.

















Mas a boa notícia é que as coisas estão mudando neste planeta.

Um novo paradigma está surgindo com a Física Moderna.

Agora, sabemos pelos experimentos da
 Mecânica Quântica que a realidade não é determinada ou fixa, 
ela é totalmente maleável.

Quem cria a realidade a todo instante é o observador, através dos seus pensamentos e ,principalmente, dos sentimentos.

E quem é o observador da sua realidade? Você.

Quando digo você não me refiro ao seu ego , que é limitado.

Refiro-me à sua Essência , que está alinhada com o Campo da 
Consciência, mar de infinito potencia

Assim, você pode ter mais saúde se pensar somente em saúde, 
se sentir-se saudável.

Você pode se decidir por isso, mesmo que pelos padrões médicos tenha o diagnóstico de uma doença qualquer.

Sim, essa é uma decisão que você pode tomar, 
mesmo que vá contra todas as evidências.

Não é negar a realidade, é vê-la com outros olhos, 
é sentir com o coração do curador que há em você.


Dominando a si mesmo
Quando estiver mal, doente ou ferido, procure aos poucos dominar seus pensamentos, sentimentos, palavras e ações.

Se estiver que escolher entre um deles, domine seu sentimento. É mais fácil que controlar os pensamentos.

Para isso, procure o que lhe faz bem, o que lhe faz sorrir. Pode ser uma pessoa, um objeto, um filme, um livro, um lugar, uma lembrança.

Vale tudo na busca pelo bem-estar!

Isso não é ser egoísta, é ser inteligente.

Dominar sua frequência é algo que denota grande sabedoria.

Ao escolher ter sentimentos mais positivos ( mais alinhados com a consciência) como alegria, amor, compaixão ou contentamento, as dores físicas diminuem e o corpo começa a se recuperar naturalmente.

A cura acontece no tempo devido.

No tempo e no ritmo do Todo.

escrito por Mabel Cristina Dias.

https://www.mabelcristinadias.com/blog/bem-estar-a-chave-para-a-saude

Nenhum comentário:

Postar um comentário

gratidão pelo seu comentário,seja sempre bem vindo.