23 de fevereiro de 2018

“Quem rejeita o pai, rejeita a si mesmo e sente-se vazio,sem propósito de vida.“



Quando excluímos alguém de nossa alma e consciência, 
seja porque o tememos, ou pq condenamos ou o esquecemos,
há terríveis consequências.

É muito difícil alguém ter êxito na vida se 
não "tomou" plenamente o pai, 
se o rejeita ou o despreza. 

A pessoa pode até ter sucesso por um tempo, 
porque usa a raiva para agir,
mas isso não se sustenta ao longo prazo.
É uma forma desesperada de preencher um vazio interno, 
uma busca secreta do pai .
A pessoa que não "tomou"o pai pode
muitas vezes ter várias profissões 
e não se fixar em nenhuma,
ou pode não ter contentamento na profissão 
ou pode não ganhar o suficiente para se manter,ou
não se endividar constantemente
ou mesmo não tem profissão alguma
ou  adoece frequentemente
as vezes doenças graves.

E quando a mãe oculta  a identidade do 
pai ou separa o pai desse filho,
seja por raiva ou mágoa dele,  
impede o filho de ter acesso a esse pai,
seja criticando,xingando e separando o filho do pai,
como forma de vingança pessoal.


Portanto,esse filho(a) pode mais tarde como adulto, 
querer fugir da realidade, 
seja pelo consumo de drogas ,vício de bebida ,
se envolver na criminalidade por exemplo. 
E também pode engordar muito e 
se tornar um obeso mórbido,deixando-o incapaz.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

gratidão pelo seu comentário,seja sempre bem vindo.